A ciência dos jogos: Fique mais inteligente, esqueça menos, não mate pessoas.

Ciência dos Jogos

Será que jogos de tabuleiro fazem bem?

Já tem alguns anos que eu vejo na mídia o resultado de pesquisas científicas sobre videogames. Mas eu sempre me perguntei se jogos de tabuleiro tinham alguma vantagem além de simplesmente diversão. Então eu passei uma semana inteira lendo pesquisas de vários países e descobri uma coisa que me surpreendeu.

Não vou nem esconder a informação até o final pra te fazer ler tudo. Eu descobri que sim, jogos de tabuleiro fazem muito bem pra mente. Quer descobrir por quê?

Esse post vai trazer informações úteis pra pessoas de qualquer idade. Se você é jovem, vai ter argumentos pra mostrar pros seus pais e provar que está ficando mais inteligente. Na verdade, eles deveriam te deixar jogar com frequência. Porque os psicopatas… não, espera. Vou te deixar ler mais alguns parágrafos e descobrir por você mesmo.

Se você é adulto, vai ver o que jogos de tabuleiro trazem de bom pra você (e pro seu filho, se tiver um). E se você é um dos meus poucos leitores idosos, fique tranquilo. Jogar jogos de tabuleito faz muito bem pra idosos.

E se você for um psicopata… você é muito bonito, legal, e deveria ir matar outra pessoa.

O que a ciência diz dos jogos de tabuleiro

Nos próximos parágrafos, você vai ver o que várias das pesquisas recentes dizem sobre os efeitos positivos dos jogos de tabuleiro na mente das pessoas.

Cada item vai ter minha descrição, alguma citação da pesquisa original (traduzida por mim), e um link pra pesquisa original. Então se você tiver interesse (ou duvidar de mim) pode clicar no link pra fonte e ler os resultados da pesquisa você mesmo.

Ciência dos Jogos #1: Jogos de tabuleiro ensinam sobre números mais rápido que a escola

Uma pesquisa foi feita com crianças bem novas. Todas elas aprendiam sobre números na escola, mas ainda tinham dificuldade.

Elas foram colocadas para jogar jogos de tabuleiro que envolviam números, por uma hora. Resultados:

Antes de jogar, as crianças conseguiam colocar 15% dos números na ordem correta. Depois de jogar, as crianças passaram a ter uma taxa de acerto de 61%.

[Fonte]

Você pode até achar que só estavam acertando porque tinham acabado de brincar com números. Os pesquisadores com certeza pensaram nisso. Então depois de um tempo eles testaram novamente se as crianças ainda sabiam lidar com números.

Jogar jogos de tabuleiro por uma hora aumentou o domínio de crianças do pré-escolar (média de 5,4 anos) em quatro tarefas numéricas. (…) Os resultados permaneceram nos testes que fizemos nove semanas depois.

[Fonte]

Ciência dos Jogos #2: Isso também é verdade para adolescentes

Uma pesquisa bem parecida foi feita com adolescentes, mas com um jogo um pouco mais complexo. E os resultados não foram diferentes.

Os alunos receberam um jogo parecido com Bingo, chamado Take It Easy. Eles jogavam durante parte do horário escolar, em dias que a escola tinha sido fechada por causa de tempestades e no tempo livre em casa. Eles brincavam e comparavam sua pontuação uns com os outros.

[Fonte]

E qual foi o resultado dessa pesquisa, depois de tanto tempo jogando?

Quando os alunos fizeram o exame Virginia Standards of Learning (SOL), em 2002, 70% dos alunos foram aprovados em matemática. Um resultado 41% maior que o do ano anterior.

[Fonte]

Pais, prestem atenção aqui. Continuem dando jogos de tabuleiro pros seus filhos, caramba!

Ciência dos Jogos

Ciência dos Jogos #3: Jogos podem dar mais resultados que aulas

Agora as coisas vão ficando ainda mais interessantes. A revista Cognition publicou dois estudos diferentes (um do MIT e outro de Berkeley) com resultados semelhantes.

Os dois estudos indicam que, em algumas situações, o ensino direto é inferior ao aprendizado experimental. (…) Através dos jogos, jovens desenvolveram um maior senso de criatividade e curiosidade, exatamente as coisas que os estudantes precisam nos empregos de hoje.

[Fonte]

Tá certo que não é qualquer jogo. Acho que se você der Jogo da Vida, a única coisa que a criança vai aprender é que vender seus filhos é lucrativo. Mas muitos outros jogos podem fazer você ter melhores resultados acadêmicos e profissionais.

Mas não termina aí.

Eu sempre tive um problema de me lembrar do que aprendi na escola. Se tivessem usado jogos de tabuleiro…

O professor David Pierfy descobriu que jogos garantem uma maior retenção da informação ao longo do tempo do que as técnicas tradicionais de ensino. (…) Risadas aumentam a capacidade de aprendizado e retenção, e elas geralmente estão presentes nos jogos.

[Fonte]

Ciência dos Jogos #4: Jogos te ensinam a interagir melhor com as pessoas

Eu cresci como um garoto introvertido. Isso poderia até ter sido pior, se não fossem os jogos. Eu sempre achei que eles me ajudaram muito a interagir mais com as pessoas. Mas será que existem bases pra isso?

O que a ciência diz disso?

Jogos de tabuleiro ensinam habilidades sociais muito importantes. Os jogos estão cercados de uma excitante atmosfera de comunicação e competição. Isso encoraja a expressão verbal, enquanto cultiva traços de paciência e perseverança.

Talvez o maior benefício seja o tempo que passam juntos. As crianças praticam habilidades sociais enquanto interagem de forma positiva.

[Fonte]

O resultado da pesquisa é muito interessante. Vale a pena ler mais.

Em resumo, jogos de tabuleiro oferecem uma solução simples e sem estresse pra melhorar seu lado emocional, social e intelectual.

Ciência dos Jogos

Ciência dos Jogos #5: Jogos de tabuleiro ajudam a evitar a demência em idosos

A demência (e suas variantes) é um mal que aflige a maioria das pessoas que viveram por bastante tempo. Mas e se existisse uma forma divertida de se proteger e se tornar um desses velhinhos sábios e inteligentes?

Mas tem!

Exercícios mentais feitos regularmente reduzem enormemente os riscos de se desenvolver demência, incluindo o Mal de Alzheimer. (…) Essas atividades, principalmente as de lazer, também ajudam a manter capacidades cognitivas.

[Fonte]

Uau. Então eu tenho motivos pra jogar desde a infância até ficar velho!

Acho que é bom ressaltar que quanto mais você praticar, mais protegido você fica. E não precisa ser só jogos, então você tem outras coisas pra fazer entre um jogo e outro:

O risco de demência diminui nas pessoas que participam de atividades como: leitura, jogos de tabuleiro, tocar instrumentos musicais e dançar.

[Fonte]

O recado que eu deixo pra você ser um velhinho com a mente saudável? Jogue, jogue, jogue…

O estudo viu que uma atividade mensal por semana reduz os riscos em 7%. Mas nas pessoas que faziam atividades mentais várias vezes por semana, o risco chegava a cair até 63%.

[Fonte]

Nunca é tarde pra começar. Se você é uma pessoa de maior idade, quer disputar um Catan comigo?

Ciência dos Jogos #6: Psicopatas jogaram pouco na infância

Agora você vai achar que eu estou brincando. Eu não estou. Existe uma correlação entre assassinos seriais e falta de brincadeiras quando era criança.

Se não acredita em mim, veja o que diz a pesquisa:

O Dr. Stuart Brown acabou chegando na pesquisa de jogos por causa de assassinos — por mais incrível que pareça — depois de encontrar um um padrão surpreendente nas histórias de psicopatas: falta de brincadeiras na infância.

[Fonte]

Esse mesmo cientista continuou pesquisando, e encontrou outra coisa inusitada.

Desde a pesquisa com assassinos, Dr. Brown entrevistou milhares de pessoas para encontrar a relação delas com jogos. Notou uma forte correlação entre sucesso e atividades de brincadeira.

[Fonte]

Depois dessa, se os pais que leram isso não estão correndo pra dar jogos de tabuleiros pros seus filhos, é melhor chamar o conselho tutelar. E a polícia.

Finalizando

Enfim, os jogos trazem muitos benefícios para a mente das pessoas. Esse fortalecimento do cérebro acontece em qualquer idade, seja você jovem, adulto ou idoso. Assim como precisamos exercitar o corpo, também precisamos exercitar o cérebro.

Jogue com seus amigos. Jogue com seus filhos. Jogue até com seus pais, por que não? É melhor do que ficar sentado no sofá vendo mais uma novela com mulheres se batendo e alguém armando um casamento por interesse.

Se quiser minha sugestão de jogos, eu publiquei listas dos melhores jogos de tabuleiro pra dois jogadores, e pra grupos grandes. Em breve mais sugestões.

Ou então veja todos os posts que já escrevi sobre jogos de tabuleiro em geral.

Readers Comments (2)

  1. Que bom que gostou, Rakell. Continue voltando que toda semana tem um post novo.

    Responder
  2. Brilhante!!!

    Responder

Deixe uma resposta