Dicas para campanhas de RPG

Antes de continuar com dicas de RPG para os jogadores, é interessante falar um pouco sobre como organizar a campanha que vocês vão jogar. Isso não é exclusivo pro jogador, mas ajuda muito a resolver problemas dos dois lados.

Tem 3 coisas que eu acho essenciais para uma campanha divertida: descobrir o que os jogadores querem jogar, deixar claro que tipo de campanha vai ser, e fazer todos os personagens já começarem como um grupo.

Neste artigo vou explicar a fundo o porquê de cada coisa e como isso deixa a campanha mais divertida.

Campanha de RPG

Descubra o que os jogadores querem jogar

Mais de uma vez eu tentei forçar sobre os jogadores uma campanha que eu queria jogar. Mais de uma vez eu falhei.

Aprendi com os meus erros que eu deveria perguntar aos jogadores o que eles querem. E não apenas em termos gerais. Não basta descobrir que querem uma “campanha de vampiros”. Isso ainda deixa muito espaço para uma campanha que eles não querem.

Você precisa descobrir várias outras coisas:

  • Os personagens dos jogadores são novatos ou experientes?
  • Eles tem poder para mudar o mundo ou são pessoas mais normais?
  • Eles tem poder político ou influência pra influenciar as coisas?
  • Que tipo de clima querem para a campanha? Algo mais sério? Mais cômico?
  • Mais ou menos realista?
  • Que tipo de padrão de histórias? Terror? Aventura?
  • Foco em combate, politicagem, exploração, eventos sociais? Talvez uma mistura de várias dessas coisas?
  • Querem uma história limitada a uma cidade ou querem ver o mundo?

E por aí vai.

Não fica divertido se você disparar um monte de pergunta para cima dos jogadores. Depois das primeiras eles vão se cansar e responder “sei lá”. Uma conversa animada sobre o que querem é o bastante pra descobrir as respostas para a maioria dessas perguntas.

Anote tudo que os jogadores disseram que querem para a campanha. Desde o tipo de história que querem, até o tipo de vilão e como vão chegar lá. Depois você fica pensando sozinho que tipo de campanha pode ser criada pra juntar tudo isso.

Depois é hora de deixar bem claro para os jogadores o que eles devem esperar.

Campanha de RPG

Evite expectativas erradas, deixe tudo claro

A expectativa errada é um grande motivo para uma campanha de RPG dar errado, e até para conflitos entre os jogadores. Ela é a responsável por personagens que não se encaixam no grupo, ou histórias de background que não dão certo.

Sempre faça o máximo possível para que todos os jogadores entendam que tipo de campanha o grupo vai jogar. Isso ajuda muito. Acredite em mim, eu aprendi errando.

Se eu disser que vamos jogar uma história de vampiro, o que vem na sua cabeça?

Talvez você pense em algo trágico e dramático como o filme Entrevista com o Vampiro. Talvez pense numa história de amor proibido como Crepúsculo. Talvez uma outra pessoa pense em algo muito mais político como Vampiro: A Máscara. Ou pode ser que pensem até em algo que mistura ação com humor, como Buffy.

O que eu sei é que é bem difícil que duas pessoas tenham as mesmas expectativas de uma descrição tão curta.

Depois de todos os jogadores terem falado o que querem (veja dica anterior), você vai deixar claro pra eles que tipo de campanha vai ser, só pra evitar mal entendidos. E todos os jogadores devem deixar bem claro o que esperam dela.

Se você é o mestre, explique como você imagina o começo da história, pra onde imagina ela indo, que tom é mais adequado, que tipo de personagens são adequados.

Se você é um jogador, deixe claro o que entendeu da campanha e se você acha ela interessante. Compartilhe com os outros que tipo de ideias você está tendo pra ver se ela se encaixa no que todo mundo espera da campanha, antes mesmo de começar a criar o personagem.

Quanto mais claro estiver, menores as chances de alguém fazer um personagem ninja com robô gigante na sua campanha de política no império romano.

Agora que você tirou as chances de mal entendidos, o mais importante: os jogadores criam os personagens como parte de um grupo.

Campanha de RPG

Os personagens já devem começar como um grupo

Os jogadores se encontram numa taverna e recebem uma missão de um velhinho misterioso?

Não!

Talvez na sua campanha eles não se encontrem numa taverna. Mas não importa. Se você tem um bando de pessoas que acabou de se conhecer, é muito difícil inventar qualquer motivo pra que elas continuem juntas por muito tempo.

Existe uma forma muito melhor de se criar essa história. Todos os jogadores deveriam pensar juntos no motivo de já estarem juntos antes da campanha começar.

Não precisa que sejam todos amiguinhos. Mas fica muito melhor se eles já se conhecerem e tiverem um motivo para permanecerem juntos. Fica melhor ainda se eles já tiverem um objetivo que desejam alcançar, e uma história juntos (mesmo que curta).

Começar como um grupo não significa “grupo de aventureiros”. E nem que sejam best friends. Dá pra inventar muito, sem fugir da ideia de um grupo.

Alguns exemplos:

  • O grupo é parte da guarda da cidade. Talvez um deles seja o chefe dos outros, e eles não gostam tanto dele. Grupo, mas com conflito.
  • Alguns são magos, e outros são soldados que vigiam os magos pra impedir que eles fujam da linha.
  • Eles são um grupo de assassinos que viajam o mundo fingindo serem músicos itinerantes.
  • Aventureiros aposentados que vivem todas as noites bebendo na taverna de um outro jogador. São melhores amigos, e os únicos na pequena vila que sabem manejar uma espada.
  • Mercenários que vivem para vender seu trabalho a quem pagar mais.
  • Um príncipe e sua guarda pessoal.

O legal é ficarem livres para inventar. Mas dá pra brincar com a ideia de grupo. Dá pra criar diferença de hierarquia entre os jogadores para criar um certo conflito e drama.

O importante é que se inventarem um motivo para ficarem juntos antes da história começar, isso funciona muito melhor do que alguma desculpa que o mestre invente para juntar todo mundo. E ainda cria uma história passada, conflitos, drama.

Conclusão

Se você pretende começar uma campanha em breve, experimente seguir o meu processo.

Descubra o que os jogadores querem, alinhe as expectativas de todos para evitar problemas e decepções, e depois invente alguma história muito legal para serem um grupo.

Campanha divertida ou seu dinheiro de volta.

PS: Se você faz algo de especial ao começar uma campanha, comenta aí embaixo.

Readers Comments (1)

  1. O mestre do nosso grupo sempre nos coloca em tavernas :/ e sempre que comessa a ficar entediado ele manda uma tropa de esqueletos XD (ele ‘e bom mas n~ao t~ao criativo)

    Responder

Deixe uma resposta